SETE DIAS NO MUNDO DA ARTE

Livro de Sarah Thornton

O livro Sete dias no mundo da arte, de Sarah Thornton. Relata os bastidores, as intrigas e tramas do mundo e do mercado de arte no momento atual. A autora vivencia o cotidiano do mundo da arte, de que forma as obras merecem consideração, como são vendidas ou colecionadas. Além disso, ela afirma que as grandes obras surgem não por mérito somente do artista. Mas por interferência de seus marchants, curadores, críticos e colecionadores.

Ela coloca em pauta sobretudo de que maneira a arte se popularizou e foi globalizada. E paralelo a isso, o mercado de arte cresceu, juntamente com sua divulgação (quadros são vendidos por preços estratosféricos, gerando mídia).

Ela aborda sete histórias como meio de fazer os leitores adentrarem nesse complexo mundo da arte. As somas pelas quais são vendidos os quadros no capítulo “Leilão” são assustadoras. Além disso, há relatos pessoais, tensões, entrevistas, boatos, que fazem parte da venda nos leilões de arte.

O segundo capítulo, intitulado “Crítica”, retrata a apresentação de trabalhos de alunos da CalArts na Califórnia diante do professor e artista Asher. Surpreendentemente, a autora não se limita ao cenário encontrado. Mas entremeia falas de outros críticos e artistas. E dando corpo, ao mesmo tempo, deixando transparecer a tensão e o nível de abstração da apresentação no ambiente da escola.

O capítulo “A Feira” revela os bastidores da Feira Art Basel. Com relatos de donos de galeria, do diretor da Art Basel, de marchants e colecionadores, revelando suas críticas, comentários, aflições e detalhes durante o evento.

O capítulo seguinte, “Prêmio”, relata a escolha de quatro artistas para concorrer ao Prêmio Turner, criado pela Tate Gallery. Um dos artistas selecionados, Phil Collins, durante o processo de seleção, resolve mudar seu ateliê para dentro da  Tate Gallery. Tornando-se a própria obra. Somado a isso, a autora revela, através do relato dos críticos contratados pela galeria, que o diretor Nick Serota manipula o resultado dos jurados. Enfim, discriminando e rejeitando suas escolhas, revelando fofocas e detalhes dos bastidores.

O livro Sete dias no mundo da arte, segue a mesma linha nos demais capítulos. Passa pela redação da revista ArtForum, o ateliê de Murakami e A Bienal de Veneza. Sem dúvida uma leitura indispensável para quem quer entender o mundo e o mercado da arte.

Livro: Sete dias no mundo da Arte | Autora: Sarah Thornton | Editora: Agir, 2010

Clique aqui e conheça Helena Teixeira Rios

Helena Rios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *